Arquivos - Textos

Os Arquivos Insulares Colóquio. Funchal. 15-19 de Setembro de 1997


Archivos IV coloquio Internacional de Las islas atlanticas. Las Palmas. 1994

OS ARQUIVOS INSULARES (ATLÂNTICO E CARAÍBAS)

A novidade do IV Colóquio Internacional das Ilhas Atlânticas(9 a 14 de Outubro em Gran Canaria e Tenerife) foi o estabelecimento pela primeira vez, de um fórum de debate sobre os arquivos insulares. A política arquivística, a disponibilização e divulgação dos núcleos documentais são agora motivo de debate nestes encontros. Todavia, as especificidades deste tema levaram-nos a avançar com um volume distinto de modo a que este apartado cumpra com plenitude a sua missão de divulgar e apoiar a investigação histórica insular.

A valorização dos arquivos no contexto da política cultural é uma realidade recente nas ilhas, o que contribuiu, certamente para o estado em que se encontra parte significativa dos núcleos documentais. Hoje o repto que se coloca aos responsáveis por estas instituições não é mais resgatar a documentação perdida, mas sim partir para a valorização da disponível e apostar numa adequada política de incorporação dos núcleos recentes, que materializam a nova realidade política emergente neste fim de século. Os arquivos da autonomia ou da independência - para os novos países como Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe - são o principal desafio do momento.

No presente colóquio, de acordo com o percurso estabelecido pelo Instituto Tavera, pretendeu-se fazer uma primeira abordagem da problemática arquivística em geral e uma primeira tentativa de reorganização da informação documental de todos os arquivos insulares das ilhas do Atlântico e do Caribe.

Foram ainda apresentadas algumas mais comunicações que aqui não se publicam porque os seus autores não enviaram os originais para publicação. São elas:

  • Margarita Vázquez de Parga: El sistema archivistico español
  • Carmen Sierra: El Cida y sus recursos de información documental
  • Luis Gonzalez Duque: El Archivo Municipal de La Laguna: legado vivo de la Historia de Canarias

Agora a porta está aberta para outras iniciativas, que num futuro poderão levar a autonomização desta área, criando-se assim um fórum para os arquivos insulares, como foi manifesto desejo dos presentes a este encontro. O desafio está lançado e resta-nos aguardar pela sua evolução futura.

Funchal/Las Palmas. 1.12.95 
Alberto Vieira
ARCHIVOS DEL CARIBE
ARCHIVOS DE LAS ISLAS PORTUGUESAS

ARCHIVOS DE CANARIAS


o volume completo em formato pdf